Começou ontem, 11/01, com realização prevista até a próxima sexta-feira, dia 15, o primeiro Levantamento Rápido de Infestação do Aedes Aegypti – Liraa. Agentes de combate a endemias da Secretaria Municipal de Saúde estão percorrendo todos os bairros da cidade averiguando a incidência da infestação do mosquito transmissor no município. O período de calor e chuvas como registrado nos últimos dias é propício para reprodução e desenvolvimento deste inseto, que além de Dengue, causa Zika e Chikungunya, dentre outras doenças. A partir do resultado do Liraa, ações preventivas serão intensificadas nos bairros com maiores registros, inclusive com mutirões de limpeza.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Fernando Meira de Faria, “nestes primeiros dias de 2021 foram registradas quatro notificações de Dengue, sendo uma delas caso confirmado da doença. Em relação a Chikungunya e Zika Vírus, não temos registros até o momento. No ano passado, foram 278 notificações e 171 casos confirmados de Dengue, 12 notificações e um caso confirmado de Chikungunya, além de cinco notificações de Zika Vírus, todas descartadas. A notícia boa é que não houve nenhum óbito em decorrência destas doenças. Por isso a necessidade de toda população estar atenta e eliminar focos do mosquito transmissor. Cada um fazendo sua parte, a cidade inteira ganha”, afirma.

Fonte: Prefeitura Municipal de Itaúna