Supostos furtos na zona rural de Itaúna envolvendo um homem conhecido pela prática foram refutados pela Polícia Militar, que afirma não ter registros recentes de ocorrência. Em nota, a 51ª Cia de PM afirma que o indivíduo, que chegou a ficar preso mas já está em liberdade, tem sido monitorado e não foi flagrado em novo delito.

Áudios e mensagens de cidadãos apontando supostos furtos tem sido compartilhados no aplicativo de conversas WhatsApp, levando medo à população.

A PM solicita que caso alguma pessoa tenha sido vítima recente, entre em contato com a Patrulha Rural que dará sequência ao caso. Informações também podem ser repassadas via Disque Denúncia Unificado (DDU 181) e 190.

 

SAIBA MAIS

Confira a nota enviada pela PM:

“SÉTIMA REGIÃO DA POLICIA MILITAR

VIGÉSIMO TERCEIRO BATALHÃO DA POLICIA MILITAR

QÜINQUAGÉSIMA PRIMEIRA COMPANHIA

 

ESCLARECIMENTO A POPULAÇÃO

Referência: áudios e imagens que circulam em redes sociais sobre supostas ações criminais na zona rural de Itaúna, praticadas com uso excessivo de violência e covardia

Prezado(a) cidadão(ã)!

Sobre as informações de referência que vêm sendo divulgadas, esclareço que o indivdíuo denunciado saiu do presídio no ano corrente, após cumprimento de pena por condenação por crimes contra o patrimônio, estando em dia com a Justiça.

Esclareço ainda, que desde que saiu em liberdade até a presente data, a PMMG não possui nenhum registro que relate novo delito, em Itaúna, pelo citado indivdíuo. Acrescento que por seu histórico criminal, vem sendo submetido às abordagens policiais tanto na zona urbana, quanto na rural. Contudo, não foi flagrado em nenhuma prática delituosa.

Apesar da grande propagação dos áudios, imputando a ele algumas ações criminosas, reforço que possvíeis vítimas ainda não se manifestaram para registro formal de boletim de ocorrência junto a Polcíia Militar.

 

Portanto, solicito seu apoio para:

1) evitar o compartilhamento de informações que não tenha confirmação junto a uma fonte segura, para não gerar medo e insegurança em nossa comunidade;

2) se conhecer algum fato real e puder, oriente a vtíima para fazer contato diretamente com a PMMG, para acionamento da Patrulha Rural, a qual dará atenção especial ao caso;

3) se tiver alguma informação real que possa auxiliar a PMMG, denuncie junto ao Disque Denúncia Unificado (DDU 181), acione o 190, ou manifeste diretamente a uma equipe policial, no quartel da PMMG ou na delegacia de Polícia Civil.

A parceria entre comunidade e Polícia Militar é imprescindível para promover uma cidade segura!

Itaúna, 17 de novembro de 2020″

Fonte: Viu Itaúna