A Polícia Civil de Minas Gerais apreendeu na última segunda-feira (16), em Pará de Minas, uma adolescente, de 15 anos, suspeita de envolvimento em um duplo homicídio, ocorrido no dia 28 de dezembro do ano passado. As vítimas do crime eram o avô da jovem, de 74 anos, e o tio dela, de 34. Um segundo investigado, de 17 anos, também foi apreendido na semana passada.

De acordo com as investigações, a motivação do crime está relacionada a um suposto desentendimento entre as vítimas e o namorado da jovem, um homem de 28 anos. Ele é apontado como mentor intelectual e facilitador dos meios para a execução da ação criminosa.

As investigações apontaram ainda a participação de um quarto suspeito, um jovem de 18 anos, menor de idade à época dos fatos. Ele, junto com o adolescente de 17 anos, teriam efetuado os disparos contra as vítimas.

 

Ação criminosa

O homicídio ocorreu na Rua Papa João XXIII, no bairro Padre Libério. No dia do crime, a adolescente teria deixado o portão da casa do avô aberto para facilitar a entrada dos suspeitos. As vítimas foram então surpreendidas pelos dois adolescentes e atingidas por disparos de arma. Elas não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Após o fato, os jovens ainda teriam furtado o aparelho celular de um dos baleados e entregado à jovem.

“Os suspeitos, de 18 e 28 anos, são conhecidos no meio policial por envolvimento com tráfico de drogas e homicídios, e se encontram no sistema prisional à disposição da Justiça”, conta o delegado responsável pelas investigações Douglas Barcelos.

Os adolescentes de 15 e 17 anos foram encaminhados a uma unidade socioeducativa e podem responder pelos atos infracionais, conforme medidas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Fonte: JC Notícias