Um homem de 35 anos, suspeito de homicídio em Pará de Minas, foi preso pela Polícia Militar na noite da última terça-feira (23), em Belo Horizonte. O indivíduo foi abordado no bairro Padre Eustáquio. Contra ele, havia mandado de prisão em aberto.

Militares do 34º Batalhão, situado na capital mineira, realizavam patrulhamento pelo local, onde viram o indivíduo em atitudes suspeitas, o qual demonstrou nervosismo com a presença policial. Feita a abordagem, os policiais constataram durante consulta dos dados do suspeito no sistema informatizado, que havia o Mandado de Prisão Preventiva contra ele, expedido pela Justiça da Comarca de Pará de Minas.

O infrator foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia, em Belo Horizonte, para demais providências. Ele é suspeito de um homicídio ocorrido em 31 de março deste ano, próximo à Igreja São Sebastião, no bairro São José, em Pará de Minas. Na ocasião, sem motivos aparentes, ele ateou fogo na vítima Maria das Dores de Paula, de 37 anos, que veio a falecer posteriormente no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

O mesmo infrator já havia sido preso em dezembro de 2018 pela PM, com um coquetel molotov no Parque do Bariri. Ele tem passagens policiais por furtos, uso de drogas e outros delitos e estava na condição de morador de rua.

Assim que souberam do Mandado de Prisão contra o infrator, os militares de Pará de Minas passaram a fazer diligências para tentar encontrá-lo. Inclusive o Serviço de Inteligência havia divulgado esta informação para outras Unidades da PMMG, o que contribuiu também para a sua prisão em Belo Horizonte.

Fonte: JC Notícias