Policiais civis, fábricas de placas veiculares, empresários e “laranjas” são alvos da operação One Way, desencadeada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e Corregedoria da Polícia Civil em BH e dez cidades mineiras nesta sexta-feira (5).

De acordo com o MP, o objetivo da ação é identificar a prática de fraudes no credenciamento de fábricas e estampadoras de placas, além dos crimes de cartel, associação criminosa, prevaricação e lavagem de dinheiro na capital, Divinópolis, Itaúna, Formiga, Pará de Minas, Bom Despacho, Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte, Itapecerica, Itatiaiuçu e Itaguara.

Até o momento, um homem foi preso e 29 mandados de busca e apreensão cumpridos, além de medidas de bloqueio de valores, sequestro de bens e suspensão das atividades das empresas investigadas.