Na tarde dessa quinta-feira (2), no povoado de Limas de Igaratinga, a Polícia Militar prendeu um casal que havia passado notas falsas em comércios e tentou repassar no Distrito de Antunes, no mesmo município. Foram apreendidas 14 cédulas falsificadas de R$100,00, mais de R$ 400,00 em dinheiro verdadeiro e objetos comprados nos estabelecimentos.

Os militares foram até o povoado de Limas de Igaratinga, averiguar denúncias de que um casal tentava passar notas falsas no comércio. Inicialmente foi encontrado e abordado, no interior de um automóvel Fiat Palio, cor cinza, o infrator de 32 anos, o qual tentou fugir com o veículo, mas foi alcançado e abordado. Ele resistiu à ação policial, tentando agredir os policiais com socos e chutes, mas foi contido.

No interior do veículo, foram encontradas 11 notas com indícios de serem falsificadas, além de produtos comprados com o dinheiro falsificado, como um frasco de shampoo, uma garrafa de acondicionar água, comprimidos analgésicos, sabonetes e mais R$ 400,00 em cédulas verdadeiras. De acordo com a PM, o autor disse que aguardava a mulher de 32 anos que estava em um supermercado.

A mulher foi encontrada no supermercado, na fila de pagamento do caixa, portando outros produtos que compraria com mais uma nota de R$100,00, com suspeição de ser falsa. Durante o registro da ocorrência, os militares foram procurados por mais dois comerciantes de uma farmácia e um supermercado, de Antunes, informando que a autora também havia feito compras com notas falsas em seus estabelecimentos.

O veículo usado pelo casal foi apreendido. Os infratores foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia. O homem mora em Belo Horizonte. A mulher não declarou endereço fixo.

Fonte: JC Notícias